Visitas 18729309 - Online 191

Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019

Policial

07/05/2019 15:48:00

Advogado que havia sido preso em operação da Polícia Federal é executado com vários tiros em Cacoal

Sidnei Sotele era Procurador da Câmara de Vereadores há menos de dez dias

Há menos de dez dias no cargo de Procurador da Câmara de Vereadores de Cacoal, o advogado Sidnei Sotele foi executado a tiros no início da tarde desta terça-feira, 07. O crime aconteceu em frente o prédio do próprio Parlamento. Um servidor da casa também teria sido atingido pelos disparos e levado a um hospital de Cacoal.Dois homens teriam participado da emboscada, mas a polícia ainda não deu detalhes sobre a motivação do crime.

Antes de ser nomeado na Câmara, Sotele havia exercido a mesma função na gestão do prefeito Neuri Persch. O mandatário também foi assassinado a tiros, num crime que vem sendo investigado pela Polícia Federal, e que pode ter motivações políticas.

Recentemente, o advogado foi preso em uma operação da PF, que investiga supostos desvios de verbas federais na prefeitura de Ministro Andreazza (lembre aqui). Ele ficou preso no quartel da PM, devido à prerrogativa profissional. 

O profissional assassinado também defendia o prefeito de Rondolândia (MP), Agnaldo Rodrigues (PP), flagrado pela Polícia Federal recebendo propinas. Lembre aqui.




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.