Visitas 67123022 - Online 231

Quinta-feira, 28 de Outubro de 2021

Terra

04/06/2021 20:17:00

Polícia Militar é acionada e apura denúncia de troca de tiros em fazenda que foi palco de massacre em 2015

 
Guarnições não confirmaram confronto, nem encontraram invasores
 
O dono de uma área próxima à Fazenda Vilhena, propriedade rural que foi palco de um massacre em outubro de 2015, acionou a Polícia Militar na tarde desta sexta-feira, 04, após ser avisado de que o local estava sendo invadido novamente.
 
Após o sangrento episódio de 6 anos atrás, a justiça determinou a reintegração de posse da terra, e os invasores foram retirados da área em setembro do ano passado, numa operação executada pela Polícia Militar.
 
O FOLHA DO SUL ON LINE teve acesso ao Boletim de Ocorrência sobre o caso de hoje e conversou com o autor da denúncia, que disse ter sido comunicado de que houve troca de tiros entre os invasores e pessoas que moram no local.
 
Conforme a denúncia, logo após esse confronto os invasores saíram pela linha da “Farinheira” sentido a cidade de Vilhena. A polícia também foi informada de que os invasores estavam em um veículo caminhão, tipo ¾, de marca Volkswagen, cor branca; um veículo de marca Volkswagen, modelo Gol, de cor preta; um veículo de marca Fiat, modelo Uno, de cor prata; uma camionete de marca Toyota, modelo Bandeirante, de cor prata.
 
Mobilizada, a PM enviou três guarnições até o local onde acontecia o suposto confronto, mas não confirmou a informação e nem encontrou invasores.
 
O MASSACRE
Em diversas reportagens, o FOLHA DO SUL ON LINE noticiou o violento confronto armado na Fazenda Vilhena, quando cinco pessoas morreram. O caso repercutiu em todo o país (CLIQUE AQUI e leia várias publicações sobre o caso)
 




Fonte: Foto: Arquivo FS
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.